Preservar a microbiota do solo pode aumentar sua produtividade

O solo possui em sua composição uma fração viva, composta por diversos macros e microrganismos, dentre eles tem-se, as algas, as minhocas, insetos, nematoides, bactérias e fungos, dentre outros. Esses organismos possui diversas funções benéficas pro solo e também para as plantas, podem favorecer uma melhor aeração do solo, atua na degradação da matéria orgânica presente, ciclagem de nutrientes, bem como ao fornecimento de nutrientes, dentre eles o Nitrogênio, que é fixado por bactérias do gênero Rhizobium a chamada fixação biológica, formação de micorrizas através de fungos, também, aminoácidos e fitormônios que são metabolizados e liberados para as plantas, através das microalgas, favorecendo assim um bom desenvolvimento, resistência e capacidade de boas produtividade da cultura.

Os microrganismos ocorrem em grandes quantidades no solo, eles ocupam frações compostas por areia, silte, argila, matéria orgânica e água, esses são os agregados do solo. Essa diversidade é importante, pois os diversos tipos de microrganismos possuem funções e características fisiológicas diferentes, favorecendo assim uma maior capacidade, tanto do solo como das plantas, sobre possíveis variações bióticas e abióticas. (ALEXANDER, 1977) relata que a estimativa média de vida nos solos varia entre 10-7 e 10-9 células vivas por grama de solo. (TORSVIK E COLABORADORES, 2009) relataram também que a estimativa é de aproximadamente 10.000 espécies de bactérias por grama de solo. Os microrganismos podem proporcionar uma grande quantidade de nutrientes, esses nutrientes na biomassa microbiana podem atingir 100kg de N, 80kg de P, 70kg de K e 11kg de Ca por hectare.

São vários os benefícios proporcionados pelos microrganismos do solo e para que estes sejam preservados e mantidos no solo em simbiose com as plantas, afim de proporcionar nutrição e resiliência e boas produtividades, além de otimizar os custos com agroquímicos, deve-se adotar algumas práticas de manejo que proporcionem um ambiente favorável ao desenvolvimento desses seres vivos, como por exemplo, utilizar o sistema de plantio direto, rotação de cultura, cobertura permanente no solo, adubação verde, evitar o revolvimento do solo, utilizar produtos biológicos, dentre eles o PrimaFert da empresa Biotecland, que além de conter microalgas Chlorella, que proporciona fitornômios e aminoácidos para sua cultura, possui ainda fontes de nutrientes essenciais para as plantas.

Fonte: Cardoso, Andreote, MICROBIOLOGIA DO SOLO 2ª EDIÇÃO, Piracicaba, SP, 2016.
Silveira, Freitas, MICROBIOLOGIA DO SOLO E QUALIDADE AMBIENTAL, Instituto Agronômico de Campinas, SP, 2007.

#alface #tomate #salada #lettuce #hidroponia #instafood #horta #salad #cebola #produtofresco #lechuga #food #comida #cenoura #hortahidroponicadomorro #sabores #hortahidroponica #horticultura #gastronomia #brasileiro #plant #huertahidroponica #brasil #comidasaudavel

Deixe uma resposta