• +55 61 99958 2067
  • contato@biotecland.com
  • Luziânia, Brasil
Sem categoria
Lei do mínimo na agricultura

Lei do mínimo na agricultura

 

Segundo a lei do mínimo, o crescimento, desenvolvimento e consequentemente a produção das culturas é limitada pelo nutriente em menor disponibilidade no solo, mesmo que os demais nutrientes estejam em teores suficientes ou adequados no solo.

Por isso, o fornecimento de nutrientes através de uma adubação equilibrada é um conceito muito importante em fertilidade do solo ao se considerar a produção das culturas.

E como as microalgas podem ajudar na fertilidade do solo?

Dentre os benefícios que os biofertilizantes à base de microalgas oferecem às plantas e ao ambiente no seu entorno, melhora na porosidade do solo; aumento da oferta de oxigênio na rizosfera; aumento na retenção de água do solo; liberação de substâncias promotoras de crescimento vegetal; melhoria na salinidade e controle da acidez do solo; prevenção do crescimento de ervas daninha; aumento da disponibilidade de fosfatos para as plantas (CHATTERJEES et al., 2017).

O futuro da Agrobiotecnologia chegou!

Quer saber mais? Acompanhe nossas redes sociais e nosso site!

http://www.biotecland.com

Fontes: http://www.portalmacauba.com.br/2018/11/lei-do-minimo-o-que-e-e-por-que-e.html lA.ChatterjeeS.SinghC.Agrawal. (2017). Chapter 10 – Role of Algae as a Biofertilizer.Índia: Elsevier; 1ª edição.

#agronegocio #agro #chorella #biotec #microalgas #agricultura #plant #sustentabilidade #bioinsumos #agriculturaorganica

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: