Como cultivar cebola? - Biotecland
  • +55 61 99958 2067
  • contato@biotecland.com
  • Luziânia, Brasil

Como cultivar cebola?

Como cultivar cebola? De acordo com um estudo realizado no Centro Avançado de Estudos em Biologia Marinha de Parangipettai, Índia, com o título Exploring the Microalgae Biofertilizer Effect on Onion Cultivation by Field Experiment, é importante evitar o excesso de fertilização porque moléculas de nitrogênio e fósforo em grande quantidade pode ser prejudicial à plantação. Durante o estudo, os pesquisadores testaram quais as fertilizações ótimas para o cultivo de cebola.

A escolha dessa variedade vegetal se deu por esta ser de grande importância em relações econômicas e exportação para diferentes países, dentre eles o Brasil.

A utilização de microalgas como biofertilizante pode ajudar a prevenir a perda de nutrientes uma vez que estas são fertilizantes de liberação lenta. Essa característica estende a vida útil de sua fertilização e exige aplicações em menores quantidades para garantir os mesmos níveis de nutrição para a plantação. Além disso, as microalgas produzem substâncias promotoras de crescimento, lipídeos, vitaminas, carotenoides, entre outros (saiba mais sobre nesse texto) o que podem melhorar a qualidade do solo e das plantas.

No cultivo das cebolas, após 75 dias e após 100 dias, foram medidas a altura das plantas, o número de folhas e a massa foliar, a massa fresca e a massa seca dos indivíduos, além disso, mediu-se também a área das folhas, o diâmetro do caule, a massa, comprimento e diâmetro da cebola.

Percebeu-se que, com a fertilização combinada de esterco bovino e microalgas (tanto a Chlorella vulgaris quanto a spirulina platensis) os indivíduos notaram um aumento de 63% na altura, 83% no número de folhas e 13% na massa seca dos indivíduos. Ao cultivar as cebolas, apresentaram um aumento de aproximadamente 41% em sua massa com a fertilização combinada de esterco bovino e microalgas

Ainda, as plantas fertilizadas com as microalgas apresentaram maiores pigmentações chegando a um aumento de 15% na concentração de clorofila a, 17% na concentração de clorofila b e de 40% nos carotenoides totais. A concentração de pigmentos pode indicar um aumento na saúde e qualidade das plantas. Além disso, a maior capacidade fotossintética pode indicar maior longevidade da plantação e maiores qualidades nutricionais ao indivíduo.

Os níveis de antinutrientes não apresentaram diferenças estatísticas entre as diferentes culturas, fora medidos oxalatos solúveis, oxalatos totais, glicosídeo cianogénico e ácido fítico.

Com isso, o estudo concluiu que a biofertilização apresenta ganhos à plantação e não apresentam diferenças estatísticas na composição de antinutrientes em comparação à fertilização tradicional. Isso aponta que, para o cultivo de cebola, por ser uma solução mais sustentável e que apresenta iguais ou melhores níveis nutricionais à plantação a utilização da biofertilização pode ser uma estratégia interessante para seu cultivo.

A Biotecland produz biofertilizantes com base em microalgas, quando podemos testar na sua plantação?

Já sabe como cultivar cebola? Siga nossas redes sociais @biotecland e nosso site www.biotecland.com para saber mais!

Deixe uma resposta

Sair da versão mobile
%%footer%%